fbpx

(11) 94337-3535 (Venda de peças) (11) 99922-6705 (Orçamentos/Projetos) (11) 96373-8353 (Manutenções)

Como cultivar plantas de forração

Com um jardim vasto é natural que tenha uma diversidade grande de plantas, ainda mais se tiver sido feito um projeto de paisagismo adequado para o local. Para os amantes de um bom jardim hoje vamos falar sobre forração, mais especificamente como deve ser o seu cultivo. 

Em geral, para que o solo não fique exposto é natural a utilização de algum meio para esconder a terra. Isso gera um melhor visual e ainda uma proteção necessária. Sendo assim, conheça mais sobre o assunto no artigo de hoje. 

Boa leitura!

Começamos com a preparação do canteiro 

Todo o projeto deve ser iniciado com a preparação do local, sendo um jardim é imprescindível que o seu solo esteja bem parado. Ou seja, rico em minerais e matéria orgânica. O ideal seria que tivesse uma adubação feita com itens adequados. 

Para a implantação desse tipo de planta é necessário que seja feito o revolvimento da terra para fazer o plantio. É preciso retirar todas as plantas que estejam no local e realocadas para que possa preparar o solo devidamente. 

Faça um buraco de aproximadamente 15 centímetros de profundidade nesse processo e adicione o adubo e a folhagem. Tudo isso para que a qualidade do local aumente e garanta um melhor desenvolvimento e retenção de água. 

Adicione o líquido, esse preparado com compostagem, para aquele tipo de material, plantas de forração em geral tem uma alta resistência variando de cada tipo de planta. Então, é preciso que tudo esteja saudável com uma rega contínua. 

Caso o solo seja argiloso, adicione areia e misture e deixe tudo nivelado antes do plantio das mudas de forração.   

Como plantar forração no jardim 

Agora que já preparou o local, é preciso fazer o plantio, desse modo, condicione cada muda com um espaçamento de 5 a 10 cm de distância uma da outra. E entre as linhas mantenha um tamanho de 10 cm. Isso é feito já que esse tipo de planta tem a tendência de se espalhar pelo terreno com facilidade. 

A forração tem como principal função proporcionar uma maior limpeza visual, destacando assim as plantas maiores do jardim. Desse modo, se optar por usar pedra de brida para contribuir com a forração pode. Além de uma limpeza, a forração também protege o solo e, claro, deixa o ambiente mais bonito e atrativo. 

Temos alguns exemplos de forração, como singônio e as diversificadas gramas, que podem ser enraizadas ou não. O que importa é conhecer de fato o terreno e como ele será usado, ou seja, se terá uma grande exposição ao sol, se as pessoas irão transitar por esse local, entre outros fatores antes de escolher uma planta para forrar o seu jardim. 

É importante destacar que a grama normal pede por uma poda com máquina especializada. Para a sua plantação, é feita a venda das sementes ou mesmo dos tapetes com ele já crescido e só com raízes, desse modo, a chance de crescer ervas daninhas no meio do da sua grama é menor. 

Procure manter uma rega e poda em dias para que o seu jardim tenha um aspecto sempre saudável e crescente. Para conhecer mais sobre o assunto, temos uma lista de plantas de forração ideais para o seu jardim. Continue acompanhando os nossos posts para se encantar ainda mais com o universo das plantas. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *